domingo, 24 de julho de 2016

Nova cruz, inicia recapeamento asfáltico

Os governos municipal e estadual começaram a realizar neste sábado, 23, uma importante obra viária em Nova cruz: o recapeamento asfáltico...12 anos a AVENIDA ASSIS CHATEAUBRIAND, principal de nossa cidade, 
 Recapeamento Asfáltico da malha viária As vias públicas são recuperadas com camada asfáltica a quente do tipo CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente).  recebendo pavimento asfáltico de 5 cm de espessura. O novo recapeamento chamou a atenção do morador Luiz Carlos Azevedo, “Pensei que seria uma camada fina de asfalto, mas não. Com certeza vai durar mais”, comentou.

Outro morador que atestou o bom serviço executado, Wanderley Silva, disse que o novo asfalto chegou na hora certa, pois do asfalto antigo só restava uma casca, ou poeira, além de buracos. “Agora está melhor”, comentou, satisfeito. 

 Moradores acompanharam o início do recapeamento na  AVENIDA ASSIS CHATEAUBRIAND neste sábado e elogiaram o investimento. “A rua estava há muito tempo cheia de buracos, com bastante problema. Moro há mais de 10 anos neste bairro e estou contente com os investimentos da Prefeitura Municipal”, concluiu, Maria Aparecida... 
“Estou muito satisfeito com o recapeamento da AVENIDA ASSIS CHATEAUBRIAND. Acompanhei a pavimentação dessa via em 2004 e de lá para cá, esse tipo de melhoria nunca tinha ocorrido. O recape é de ótima qualidade”.
Esse foi o comentário do morador Flávio ribeiro ao acompanhar o trabalho de recuperação do asfalto...

sexta-feira, 8 de julho de 2016

                                                                                                                                                                                 

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Hospital Municipal de Nova Cruz/rn é reinaugurado

                                         PREFEITO CID ARRUDA DISCURSANDO  
                      Cid arruda e Robinson Farias Participam da Reabertura do Hospital   
                                                SALA DE CIRURGIA


                                                Novo REFEITÓRIO DO HOSPITAL.
                                                Setor de RECREAÇÃO INFANTIL 
   Dom Matias Patrício de Mácedo, que foi Pároco em nossa cidade por vinte e dois anos, abençoando o nosso Hospital.
 Um gestor que faz a diferença, que tem vontade de fazer, de atender a população da melhor forma. Vejo as coisas acontecerem em nossa cidade e fico feliz, pois diante das circunstâncias que os municípios e o país estão vivendo, estamos entregando benefícios para o nosso povo”, observou. da inauguração do hospital. “Hoje parece um sonho ver essa reforma e ampliação do hospital. Nós sabemos do compromisso do prefeito com a saúde e tenho certeza que tudo isso foi para dar mais conforto para a nossa população” 
                                                                             
 uma sala foi construída para receber um grupo gerador de energia elétrica a diesel de 60 kva com regulador automático de voltagem, protetor de sobrecarga,  com painel de controle automático, partida que liga e desliga à medida que falta a energia no ambiente . O aparelho, que custou R$ 68 mil, garante que a falta de energia não atrapalhe a realização de procedimentos, nem coloque em risco a vida de pacientes internados na unidade. A qualquer queda no fornecimento de energia elétrica o gerador entrará em ação em apenas alguns segundos. 
  
O esforço do prefeito que teve dificuldades imensas, mas saiu em busca e trouxe os benefícios, está sendo comprovado aqui. Um hospital equipado e eficiente para atender a população, por colocar saúde como prioridade. 
 Nova-Cruzenses  Esperaram Cinco Anos Pela Reabertura do Hospital de Nova Cruz. Profissionais da Saúde, Autoridades e População em Geral Participaram da Reinauguração do Hospital Municipal Ontem, Enfim, a Unidade Voltou a Funcionar Com Atendimento 24  .Foi reinaugurado na noite desta sexta feira 1 de julho,o Hospital Municipal Monsenhor Pedro Moura,que há mais de 5 anos estava com sua parte superior do prédio fechado devido denúncias que levaram os órgãos competentes a interditar a ala superior do hospital.