quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Pesquisa Certus/Gazeta aponta vitória de Robinson Faria em Mossoró‏


A pesquisa aponta Robinson com 30,20% enquanto Henrique Alves (PMDB) aparece com 27,92% das intenções de votos em Mossoró  A vitória do candidato ao Governo do Estado Robinson Faria (PSD) no segundo maior colégio eleitoral do Rio Grande do Norte foi constatada pela pesquisa da Certus/Gazeta do Oeste divulgada nesta terça-feira (23). A pesquisa aponta  Robinson com 30,20% enquanto Henrique Alves (PMDB) aparece com 27,92% das intenções de votos em Mossoró.

De acordo com a pesquisa, Robinson cresceu três pontos em uma semana. “A pesquisa revela a vitória que vemos nas ruas. Os mossoroenses foram os primeiros do Rio Grande do Norte a escolherem o melhor para Mossoró e agora vão escolher o melhor para o Estado. Agradecemos a cada mossoroense pela confiança em nosso projeto. Vamos fazer um governo de parceria com a Prefeitura e com a população”, destacou.

A pesquisa mostra o posicionamento dos candidatos Robério Paulino (PSOL) com 1,27% e Simone Dutra (PSTU) que alcançou 1,02%. Os demais candidatos não atingiram 1%. A pesquisa mostra que 29,44% disseram não votar em ninguém e 9,39% não souberam responder.

Robinson apresentou crescimento entre os eleitores com nível médio e superior, completos ou não, onde já tinha se destacado na pesquisa anterior publicada. Houve crescimento ainda em quase todas as faixas etárias, com destaque para os que têm entre 25 e 34 anos que passaram de 19,35% para 39,13%.

A pesquisa do Instituto Certus Pesquisa e Consultoria, em parceria com o jornal GAZETA DO OESTE ouviu 400 pessoas nos dias 19, 20 e 21 de setembro. A margem de erros é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 95%.

A pesquisa foi protocolada no Tribunal Regional Eleitora (TRE/RN) com o registro nº 00033/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o nº 00742/2014.

Espontânea

O candidato do PSD, Robinson Faria, também avançou na pesquisa espontânea, passando de 15,33% para 16,75%, enquanto Henrique Alves caiu de 18,59% para 18,02%. O crescimento de Robinson que diminuiu a diferença de 3% para 1% foi observado nos mesmos grupos da pesquisa estimulada.  fonte.http://jornaldehoje.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário