sábado, 8 de novembro de 2014

Se Robinson federalizar a UERN, conseguirá tirar o RN do prego

uern-logO governador eleito, Robinson Faria não precisa tentar fazer nenhum choque de gestão para recuperar a capacidade de investimentos do Estado..
Para o governador tirar um grande encargo do Estado, basta urgentemente sensibilizar o governo federal para federalizar a UERN – Universidade Estadual do Rio Grande do Norte..
A UERN é um peso muito grande para um Estado pobre como o RN..
A UERN custa cerca de R$ 1.0 milhão por dia ao erário estadual, ou seja,  R$ 30 milhões mês a um Estado que não tem recursos suficientes para abastecer os hospitais da rede pública e especialmente os hospitais, Walfredo Gurgel em Natal e Tarsísio Maia em Mossoró..
Se o governo, Robinson Faria dispor de mais R$ 30 milhões por mês para custear os hospitais públicos e o aparato de segurança pública certamente amenizará muito os problemas da violência e saúde no RN..
É preciso entender que o ensino superior é atribuição do governo federal, cabe ao Estado o ensino médio.. Segundo levantamentos, 30% dos alunos da UERN são provenientes de outros Estados, imagine que o contribuinte potiguar está pagando para 30% dos médicos formados na UERN atuarem em outros Estados sem nenhum retorno para o RN..
Quando o governador, Dinarte Mairz criou a nossa Universidade, na década de 50, imediatamente ele começou a trabalhar para federalizar, pois a nossa UFRN, tinha um custo de 50% de todo orçamento estadual..
Será muito importante para Robinson, contar com o apoio de Fátima Bezerra para federalizar a UERN e desonerar o combalido erário publico do Estado em torno de meio bilhão de reais por ano..fonte.http://blogdoprimo.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário